Direcione sua energia para coisas que realmente valem a pena!

Neste mundo agitado em que vivemos, é comum nos preocuparmos com uma infinidade de coisas. No entanto, nem todas essas preocupações merecem nossa energia e atenção. Muitas vezes, desperdiçamos tempo e esforço em situações que não têm um impacto significativo em nossas vidas. Nesse contexto, encontrar o equilíbrio emocional torna-se essencial para garantir o bem-estar e o crescimento pessoal. Neste artigo, explorarei a importância de direcionar nossa energia para aquilo que verdadeiramente importa, evitando gastá-la em preocupações desnecessárias.

Voçê já parou para refletir sobre o motivo pelo qual, às vezes, nos encontramos excessivamente preocupados com coisas que têm pouco ou nenhum impacto significativo em nossa vida?

Essa é uma pergunta interessante e complexa, pois encontramos uma variedade de razões que nos levam a agir assim. Uma possível situação é o fato de estarmos tão acostumados a nos preocupar com coisas triviais que isso se tornou um padrão automático de pensamento. Romper com esses padrões exige uma profunda consciência, o que pode ser um processo desafiador para muitas pessoas e, consequentemente, elas continuam a lidar diariamente com períodos de ansiedade intensa devido a essa sobrecarga mental.

Outra situação que podemos considerar é o sentimento de medo, pois ele está intimamente ligado a esse padrão mental de preocupação. Algumas pessoas se apegam mesmo que inconscientemente a ele. Agem assim como uma maneira de evitar lidar com incertezas e desconfortos reais.

No entanto, precisamos entender que gastar nossa energia com essas preocupações nos afasta do que realmente importa: nosso crescimento pessoal e a conquista de nossos objetivos. É como investir todos os recursos financeiros em algo que sabemos que não trará rendimento algum no futuro.

Será que vale a pena manter esse padrão ?

Na minha perspectiva, a resposta é bem clara: não vale a pena. No entanto, cada pessoa tem o direito de escolher o caminho que melhor lhe convier e investir seus recursos da forma que achar mais adequada. Eu acredito que gastar toda minha energia em algo que não contribui para o meu crescimento pessoal ou para a realização dos meus objetivos é uma escolha limitante e que prejudica minha capacidade de viver com tranquilidade.

E podemos encontrar situações como essa em muitas esferas da vida. Por exemplo, imagine alguém preso em um trabalho que não lhe traz satisfação pessoal ou oportunidades de crescimento, mas continua ali investindo sua energia e tempo. Esse indivíduo pode estar se agarrando a essa situação por medo do desafio de buscar uma nova carreira ou da possibilidade de enfrentar dificuldades financeiras durante essa transição.

Nesse cenário, o medo e a aversão ao desconforto real podem levar essa pessoa a desperdiçar sua energia em algo que não trará benefícios reais no longo prazo, resultando em interferências em suas relações interpessoais. Isso ocorre porque outros sentimentos reprimidos podem surgir, impactando negativamente a maneira como ela se relaciona com os demais.

Infelizmente, o excesso de preocupação afeta uma grande parte da humanidade o que consome nossas vidas, gera estresse, ansiedade e até mesmo impactos negativos em nossa saúde física e mental. Eu sei o que isso significa, porque já experimentei um quadro de estresse elevado que abalou minha saúde e com muita resistência naquela época, procurei ajuda profissional, o que foi um divisor de águas.

Umprendi na prática que ao nos envolvermos em situações que não acrescentam valor à nossa vida, desviamos a atenção do que realmente importa e prejudicamos nosso bem-estar. Graças a essa decisão importante, transformei minha realidade e após anos de estudo e dedicação, venho ajudando outras pessoas a fazerem o mesmo em suas vidas por meio do apoio terapêutico.

A auto-observação desempenha um papel fundamental nesse processo. Questionar se nossas preocupações são legítimas e se têm um impacto real em nossa vida, ou se são apenas distrações desnecessárias, é muito importante. Ao exercitar esse discernimento, seremos capazes de direcionar nossa energia para o lugar e momento certo.

Além disso, a prática diária da gratidão é um aspecto relevante a ser considerado, acredito que devemos reconhecer e valorizar tanto as coisas positivas quanto as negativas em nossa vida, pois cada uma delas tem um propósito em nosso caminho. Ao adotar essa consciência, direcionaremos nossa energia para o lado positivo e proativo, fortalecendo nossa resiliência emocional e ampliando nossa visão de mundo.

Então, reflita sobre suas preocupações diárias e questione:

Vale mesmo a pena gastar minha energia com isso? O que realmente importa em minha vida?”

A resposta está em suas mãos. Ao compreender isso, você poderá tomar decisões conscientes e viver uma vida mais leve, direcionando sua energia para aquilo que realmente merece sua atenção e cuidado.

Com carinho,

Picture of Êurenì RS Pálma

Êurenì RS Pálma

Terapeuta floral e professora de autodesenvolvimento, ajuda você a cuidar das emoções e alcançar objetivos.
Registro Internacional nº 02018.2181

Compartilhe com seus amigos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe seu comentário.

5 1 voto
Classificação do artigo
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Me siga nas redes sociais;

Posts Recentes

Facebook

Canal Youtube

plugins premium WordPress
0
O que achou, por favor, comente.x